Rua do outeirinho,78 3420-011 Ázere - TBU

235 413 976

A Instituição

A Associação Cultural Recreativa Defesa e Propaganda de Ázere (ACUREDEPA) é uma IPSS sedeada em Ázere, concelho de Tábua, distrito de Coimbra, criada em 20/08/1992.

O seu âmbito de intervenção principal é a 3ª Idade. Desenvolvemos as respostas sociais de Apoio Domiciliário e estrutura residencial para pessoas idosas.

Em 01/04/1999 iniciámos a resposta social de Apoio Domiciliário com acordo para 25 Utentes e com capacidade para 45.

Inicialmente, o Apoio Domiciliário prestado aos 25 Utentes era suficiente para fazer face às dificuldades sentidas.

No entanto, há cerca de 5 anos atrás, os problemas de saúde, de isolamento geográfico e o facto de muitos destes Idosos não terem familiares próximos, levaram a IPSS a analisar a possibilidade de criar a resposta social Lar de Idosos.

Assim sendo, as famílias e responsáveis pelos Idosos contactaram a ACUREDEPA afim de encontrar uma resposta definitiva para resolver a falta de apoio nocturno.

Referiram, também, a dificuldade sentida em aceitar os Idosos nas suas casas, uma vez que não apresentavam estruturas físicas capazes de dar resposta.

Desta forma, e devido às solicitações por parte dos familiares, a ACUREDEPA criou a resposta social “Lar de Idosos” que se encontra em funcionamento desde Agosto de 2007 e com capacidade para 56 Idosos.

Para edificar a “Residencial/Lar Nossa Senhora de Fátima”, a ACUREDEPA teve de recorrer a empréstimo bancário, uma vez que não houve qualquer outro tipo de apoio financeiro, por parte do Estado. Também aqui lamentamos que os protocolos de acordos de cooperação não sejam, senão vejamos, temos 56 idosos em Lar e acordos só 8 e ainda um cativo para a própria Segurança Social.

Com o aumento médio da esperança de vida, o número de Idosos cresceu consideravelmente, o que obrigou a um incremento das necessidades que daí decorrem, nomeadamente em termos de Segurança Social, de Saúde e de criação de estruturas que cuidem, apoiem e ocupem os Idosos nesta fase da sua vida.

Este cenário reflectiu a necessidade premente de ampliar a “Residencial/Lar Nossa Senhora de Fátima”, uma vez que a IPSS tinha uma lista de espera de cerca de 40 Idosos.

Desta forma, a ACUREDEPA concorreu ao POPH, medida 6.12, com o projecto “Dar vida aos anos e não apenas anos à vida” para acolher mais 27 Clientes.

Para fazer face às exigências burocráticas que o próprio projecto implicava, a ACUREDEPA teve de recorrer à ajuda de Técnicos qualificados para que a candidatura fosse apresentada com o maior rigor técnico.

Todos os nossos estudos e fundamentos técnicos foram no sentido de sensibilizar e informar da necessidade de criar a resposta social Lar de Idosos no concelho de Tábua. A prova desta escassez de resposta está no facto de a “Residencial/Lar Nossa Senhora de Fátima”, em funcionamento há 5 anos, estar completamente lotada, aguardando a colocação de mais Clientes.

Uma vez que a candidatura ao POPH não foi deferida, a ACUREDEPA teve de recorrer novamente a empréstimo bancário para ampliar a “Residencial/Lar Nossa Senhora de Fátima”.

A Direcção da IPSS estava confiante na candidatura, depois de ter conhecimento da decisão final, foi um parecer muito difícil de aceitar, uma vez que a IPSS não tinha capacidade financeira.

Depois do empréstimo inicial de Euros: 350.000,00 €, a ACUREDEPA teve de solicitar mais financiamento. Actualmente a ACUREDEPA tem um empréstimo no valor de Euros:800.000,00 €.

Este facto implica que a IPSS pague mensalmente Euros: 7.500,00 € referente a amortizações e juros de empréstimos.

Antes da candidatura ao POPH, a ACUREDEPA fez também uma candidatura ao PARES para criação da resposta social “Lar de Idosos”.

Mas quer a candidatura ao PARES quer ao POPH foram indeferidas.

Neste momento, as dificuldades sentidas pela ACUREDEPA prendem-se com os encargos mensais causados pelos empréstimos bancários.

Se a IPSS fosse contemplada com esta linha de crédito, como deveria ser, visto tratar-se de Uma IPZSS. Sem fins lucrativos e estar implementada numa zona de risco, iria melhorar muito a situação financeira da IPSS. Melhoraria também a situação laboral dos funcionários, uma vez que eles merecem mais ordenado.

Temos 40 funcionários que dependem do trabalho da Instituição para sobreviverem. É a ACUREDEPA que tem um papel preponderante na empregabilidade da freguesia e do próprio concelho.


Venha partilhar este espaço connosco!

ACUREDEPA

Rua do outeirinho,78
3420-011 Ázere - TBU

Telf: 235 413 976

e-mail: acuredepa0@gmail.com

Links Úteis

Siga-nos